Visitar um mesmo destino em diferentes épocas do ano pode levar a duas experiências absolutamente distintas. A Paris do verão, por exemplo, tem uma atmosfera completamente divergente da Paris do inverno. Mas nem todo destino é ideal para se visitar em qualquer período. São poucos os que gostam de congelar no inverno de Estocolmo ou fritar no calor do verão de Madri. Por isso, deve-se escolher bem o momento da visita. Listamos ideias de destinos ideais para cada mês do ano:


1. Janeiro
   Sydney 

Sydney - por Clint Sharp (CC BY SA)

O mês de janeiro é bastante movimentado em Sydney. É o auge do verão, o clima é agradável e a atmosfera é vibrante. As praias ficam cheias e a programação é intensa, com o Sydney Festival e o Australia Day.


2. Fevereiro
   Punta del Este

Punta del Este - por Sebástian Freire (CC BY SA)

Em fevereiro Punta del Este continua movimentada, mas não fica tão lotada como em dezembro e janeiro e, por isso, os preços são mais baixos. É a melhor época para aproveitar a cidade uruguaia, e é possível admirar a beleza e a agitação do local sem se perder em meio às multidões.


3. Março
   Miami

Miami Beach - por chensiyuan (CC BY SA)

Março é um mês de muita badalação em Miami, principalmente no período do spring break das universidades americanas. Para quem quer conhecer Miami além das compras, é um ótimo período para experimentar a vibrante Miami das festas.

Veja mais: Guia de Miami


4. Abril
   Caribe

Jamaica - por pam morris (CC BY NC)

Não há melhor época para visitar as ilhas do Caribe do que abril. Distante da temporada de furacões, o mês proporciona um período de pouca chuva em praticamente todas as ilhas, especialmente em Aruba, Curaçao, San Andrés, Jamaica e Turks & Caicos.


5. Maio
   Ilhas Gregas

Santorini - por mariusz kluzniak (CC BY NC ND)

Maio é ótimo para aproveitar a beleza natural das Ilhas Gregas. A temperatura é bastante agradável e as praias ainda não estão tão lotadas, como o que ocorre entre junho e agosto.


6. Junho
   Barcelona

Barcelona - por Antonio Gil (CC BY NC SA)

Junho marca o início do verão em Barcelona. Nessa época geralmente já está quente o suficiente para aproveitar a praia, que não estará abarrotada de gente como em julho e agosto.

Veja mais: Guia de Barcelona


7. Julho
   Machu Picchu

Machu Picchu - por Pedro Szekely (CC BY SA)

Há duas estações em Machu Picchu: a chuvosa (no verão) e a seca (no inverno). Não há grandes variações na temperatura durante o ano, por isso o importante é escolher a época de acordo com a probabilidade de chuvas. Julho é o auge da estação seca e é o melhor mês para visitar o destino. À noite pode ficar bem frio, mas nada que um agasalho não resolva.


8. Agosto
   Buenos Aires 

Buenos Aires - por Marissa Strniste (CC BY)

O inverno de Buenos Aires tem um glamour europeu e agosto é o mês ideal para visitar a cidade. O frio já não está tão intenso como em julho e o festival de tango que ocorre anualmente agita a cidade. Além disso, é um ótimo período para compras, pois as lojas estão em liquidação.

Veja mais: Guia de Buenos Aires


9. Setembro
   Paris

Paris - por Trey Ratcliff (CC BY NC SA)

Em setembro, o auge do calor já passou e a temperatura ainda é agradável para sentar-se em um café ao ar livre, passear pelas ruas ou fazer um cruzeiro pelo Sena. Nessa época, os parisienses já retornaram das férias e é possível aprofundar-se na cultura local e aproveitar o que há de melhor na cidade.


10. Outubro
   Nova York

Nova York - por Ed Yourdon (CC BY SA)

Não há nada como o outono em Nova York. A coloração vermelha e dourada das folhas que estão prestes a cair dão um charme especial à cidade e o Central Park fica ainda mais deslumbrante.

Veja mais: Guia de Nova York


11. Novembro
   Fernando de Noronha

Fernando de Noronha - por c.muniz (CC BY NC ND)

Novembro é o auge da estação seca, a melhor época para visitar a ilha. É também o último mês em que as águas estão em condições ideais para mergulho, pois a partir de dezembro (até março) os ventos mudam de direção e o surfe movimenta a ilha.


12. Dezembro
   Londres

Londres - por Diliff (CC BY)

O inverno é a cara de Londres. É verdade que os dias ficam mais curtos e o frio às vezes pode incomodar, mas nada é mais característico em Londres do que o inverno. Em dezembro, as ruas enchem devido às compras de Natal e as luzes festivas enfeitam a cidade, deixando-a ainda mais bonita. Além disso, o show de fogos do réveillon em Londres é um dos mais espetaculares do mundo.

É possível banhar-se no mar do Caribe sem ter que desembolsar fortunas para visitar uma de suas ilhas. Existem praias lindas e pouco exploradas nos países da América Central que, por não serem destinos da moda, estão longe das multidões e os preços de hospedagem e alimentação são mais baixos. Listamos 5 destinos lindos e baratos na América Central para inspirar sua próxima viagem:


1. Bocas del Toro
     Panamá

Bocas del Toro - por whl.travel (CC BY NC SA)

Bocas del Toro é um arquipélago localizado no nordeste do Panamá. A Isla Colón é a mais habitada das ilhas, onde fica situada a cidade de mesmo nome do arquipélago, também conhecida como Bocas Town. A região é rústica e não há grandes redes de hotéis ou resorts. A vida noturna é agitada pelos visitantes e o programa por lá é conhecer as diversas ilhas do arquipélago, que mantém praias praticamente desertas e deslumbrantes.


2. Islas de la Bahía
     Honduras

Isla de Roatán - por M+MPhotographers (CC BY NC ND)

As Islas de la Bahía são um conjunto de 3 ilhas no mar do Caribe 
- Utila, Roatán e Guanaja - pertencentes a Honduras. Utila e Roatán são as mais em conta e estão entre os lugares mais baratos para mergulho no Caribe. As águas são cristalinas e a beleza da vida marinha do local é impressionante.


3. Islas del Maíz
     Nicarágua

Pequeña Isla del Maíz - por Steve Summers (CC BY NC ND)

Arquipélago formado por duas ilhas - Grande Isla del Maíz e Pequeña Isla del Maíz - é mais conhecido pelo seu nome em inglês, Corn Islands. Ambas as ilhas oferecem a seus visitantes lindas praias e muita lagosta, cuja pesca é a segunda principal fonte de renda do arquipélago, atrás apenas do turismo. A ilha pequena é mais virgem e tranquila, perfeita para quem quer descansar em um paraíso.



4. Caye Caulker
     Belize

Caye Caulker - por adaptorplug (CC BY NC)

A ilha é escolhida por jovens e mochileiros devido aos preços baixos de suas acomodações. A cultura rastafári é marcante no local, e a região é ideal para mergulho e snorkeling, devido à proximidade da Barreira de Corais de Belize, um dos cenários mais bonitos do mundo.



5. Puerto Viejo de Talamanca
     Costa Rica

Puerto Viejo de Talamanca - por Wilma Compton (CC BY)

Localizado no sudeste da Costa Rica, próximo à fronteira com o Panamá, Puerto Viejo de Talamanca é ideal para quem curte surfe e festa. O charme da região mistura comércio, agito, praias idílicas e muito verde. Não há luxo, mas há diversão de sobra.

Conhecer a noite de um lugar pode ser uma das melhores formas de experimentar a cultura local, muito além dos pontos turísticos e museus. Conversas de bares ou a batida das baladas podem trazer amigos e mostrar onde estamos mais do que qualquer mapa! Além dos destinos tradicionais já famosos por sua vida noturna, como Nova York, Londres, Paris ou Madri, listamos 13 destinos que oferecem festas fantásticas:


1. Miami

      Estados Unidos
South Beach - por Wyn Van Devanter (CC BY SA)

South Beach é famosa por sua atmosfera de festa. Novos bares e danceterias surgem a todo o momento, frequentados por pessoas bonitas e animadas até o amanhecer.

Veja também: Guia de Miami

2. Berlim

      Alemanha
Berlim - por Gertrud K. (CC BY NC SA)

Famosa por sua diversidade, em Berlim há desde pubs tradicionais a festas underground que até mesmo os organizadores não sabem onde vão acontecer até uma hora antes do início. As festas acontecem até as primeiras horas da manhã.


3. Barcelona

      Espanha
Barcelona - por papalars (CC BY ND)

Barcelona é uma grande cidade para vida noturna, com uma gama impressionante de locais para todos os gostos e bolsos. Há bares da moda e clubes em todos os bairros.

Veja também: Guia de Barcelona

4. Dublin

      Irlanda
Dublin - por Tobias Abel (CC BY ND)

A noite em Dublin é uma mescla de pubs tradicionais e bares modernos ao som de música tecno. A cidade possui uma grande população de jovens, além de viajantes ansiosos para experimentar a festa ao estilo irlandês.


5. Tel Aviv

      Israel
Tel Aviv - por Or Hiltch (CC BY NC)

A noite em Tel Aviv geralmente começa às 23h, com a maioria das festas ganhando força em torno de 2h. Berço de diversos DJs com fama mundial, as baladas são animadíssimas.


6. Ibiza

      Espanha
Ibiza - por Adam Bermingham (CC BY NC SA)

A atmosfera geral da ilha é de festa. Provavelmente em nenhum outro lugar do planeta se encontre a variedade de bares e discotecas proporcionalmente ao tamanho do lugar.


7. Buenos Aires

      Argentina
Buenos Aires - por Gisela Giardino (CC BY SA)

A cidade segue o hábito espanhol de jantar à meia-noite e, em seguida, dançar até o amanhecer. A animação começa nos clubes depois da 1h da madrugada. 

Veja também: Guia de Buenos Aires

8. Hong Kong

      China     
Hong Kong - por Piotr Zurek (CC BY NC SA)

Quando o sol se põe, a vida noturna aquece e segue até o amanhecer. Com um cenário animado, sofisticado e diverso, Hong Kong é o lugar para ver e ser visto.


9. Amsterdam

      Holanda
Amsterdam - por Lassi Kurkijarvi (CC BY NC)

Amsterdam é mais conhecida pelo seu Red Light District, mas há muitos locais em toda a cidade que oferecem experiências únicas que vão até tarde da noite.


10. Tóquio

         Japão
Tóquio - por Marc Verart (CC BY ND)

O espírito internacional de Tóquio se reflete na sua vida noturna, onde se pode encontrar de tudo, desde bares com música ao vivo, tradicionais shows kabuki a danceterias cosmopolitas animadíssimas.


11. Montreal

         Canadá
Montreal - por Jazmin Million (CC BY SA)

Apesar do frio, a cidade possui uma vida noturna vibrante, com pessoas amigáveis e bares e baladas com uma ótima variedade de estilos. E os festivais de verão são ótimos.


12. Bogotá

         Colômbia
Bogotá - por Mariusz Kluzniak (CC BY NC ND)

De lounges descontraídos a vibrantes clubes temáticos, de house music ao pop ou música latina, a vida noturna de Bogotá é muito animada e se prolonga até o sol raiar.


13.  Las Vegas

          Estados Unidos
Las Vegas - por Clint Sharp (CC BY NC SA)

Nenhuma lista estaria completa sem Las Vegas.  A "Sin City" (cidade do pecado) tem sempre algo para o estilo de cada visitante, de cassinos a teatros com shows incríveis e clubes muito animados. E como diz o ditado, “what happens in Vegas, stays in Vegas”!
Assim como todos os detalhes de um casamento, a lua de mel deve ser bem planejada. A viagem é mágica e inesquecível e marca o início de uma nova vida a dois. E não há melhor jeito de começar. Listamos 8 destinos românticos ideais para casais em lua de mel:



1. Bora Bora

      Polinésia Francesa
Bora Bora - por Pierre Lesage (CC BY NC ND)

Das ilhas da Polinésia Francesa, Bora Bora é a mais romântica. A maioria dos seus visitantes está em lua de mel e para todo lugar que se olhe há casais apaixonados. Os bangalôs sobre as águas são extremamente disputados, por isso é bom reservar com antecedência.



2. Santorini

      Grécia
Santorini - por mariusz kluzniak (CC BY NC ND)

Santorini é, provavelmente, a mais famosa das Ilhas Gregas. Não por acaso. É um dos poucos lugares do mundo que a beleza natural da região mistura-se harmoniosamente com a arquitetura, formando uma paisagem única e encantadora.



3. Ilhas Maldivas

      Índico
Ilhas Maldivas - por muha (CC BY NC SA)

Banhadas pelas águas cristalinas do Oceano Índico, as Maldivas são um conjunto de quase 1.200 ilhas com paisagens exuberantes e resorts espetaculares. Oferece sol, descanso e romance para os seus visitantes. O que mais se pode querer?


4. Costa Amalfitana

      Itália
Costa Amalfitana - por Woody Hibbard (CC BY)

Considerada Patrimônio Mundial da Humanidade pela UNESCO, a Costa Amalfitana tem um charme especial. Localizada no sul da Itália, estradas espetaculares percorrem paisagens exuberantes, com construções coloridas encravadas em penhascos a beira-mar.


5. Maui

      Havaí
Maui - por IPBrian (CC BY NC SA)

Maui tem vegetação tropical, vulcões, praias e belíssimas cachoeiras. Há excelentes hotéis e restaurantes e uma extensa programação para seus visitantes. Não é à toa que é uma das ilhas mais requisitadas do Havaí.


6. Aruba

      Caribe
Aruba - por Chris Ford (CC BY NC)

Aruba é uma ilha pequena que vive do turismo. Seus habitantes são extremamente simpáticos e foram educados para oferecer aos turistas uma experiência alegre e inesquecível. As praias são excepcionais, sendo que duas delas merecem destaque: Arashi Beach (ao norte) e Baby Beach (ao sul).



7. Bali

      Indonésia
Bali - por Pandu Adnyana (CC BY NC SA)

Bali é exótica e bela e, além das lindas paisagens, oferece uma imersão em uma cultura rica e impressionante. Reúne excelentes hotéis, restaurantes e uma agitada vida noturna. Em suma, é um destino turístico completo.



8. Paris

      França
Paris - por  Antonio Ponte (CC BY NC SA)

Paris é símbolo do romance e não há como não se apaixonar por seu charme e beleza. A elegância está em todo lugar: em suas majestosas construções, nas impressionantes galerias e até mesmo nas esquinas de qualquer ruela. Um paraíso para os apaixonados.

Toda viagem acrescenta algo para a vida de uma pessoa. Não é à toa que o famoso bordão diz que "sempre se volta diferente de uma viagem". Mas algumas são extremamente especiais e todo mundo deveria fazê-las pelo menos uma vez na vida. Listamos 10 experiências de viagens imperdíveis:


1. Mergulhar na Grande Barreira de Corais
      Austrália

por brewbooks (CC BY SA)

Mergulhar na Grande Barreira de Corais é conhecer um mundo novo, silencioso, colorido e cheio de surpresas. Os detalhes são impressionantes e a beleza do fundo do mar é admirável.


2. Ver a Aurora Boreal
      Noruega

Aurora Boreal - por Carsten Frenzi (CC BY)

A Aurora Boreal é um fenômeno óptico que pode ser visto do Hemisfério Norte. Finlândia, Alasca e principalmente a Noruega são destinos procurados por aventureiros em busca do evento, que pode ocorrer nos períodos de março a abril e de setembro a outubro.


3. Fazer um Safári
      África

por Arno Meintjes (CC BY NC)

Seja no Quênia, Tanzânia, Zâmbia ou Namíbia, fazer um safári é uma experiência inesquecível. É uma imersão na natureza que nos faz entender a grandiosidade do nosso planeta.


4. Visitar Jerusalém
      Israel

Jerusalém - por Matas Petrikas (CC BY NC)

Caminhar pela cidade antiga de Jerusalém nos faz voltar ao passado, entender a história da humanidade e perceber a riqueza das diferentes culturas e religiões do mundo.


5. Explorar Machu Picchu
      Peru

Machu Picchu - por Pedro Szekely (CC BY SA)

Visitar Machu Picchu é conhecer a história de uma civilização extraordinária. Se você tem espírito aventureiro, percorra a pé a trilha Inca. As vistas são formidáveis e a experiência torna-se ainda mais rica e emocionante.


6. Conhecer o Taj Mahal
      Índia

Taj Mahal - por Trey Ratcliff (CC BY NC SA)

A riqueza de detalhes da arquitetura é impressionante e o local tem uma magia de conto de fadas. O Taj Mahal é símbolo do amor eterno e é impossível não se apaixonar.



7. Ver Nova York de Cima
      Estados Unidos

Manhattan vista do observatório do Top of the Rock - por Chris Ford (CC BY NC)

Seja através de um passeio de helicóptero, de um de seus observatórios ou simplesmente do terraço de um edifício qualquer, apreciar a vista de Manhattan é espetacular. É como olhar para o futuro e perceber que, literalmente, o céu é o limite.

Veja também: Guia de Nova York


8. Caminhar na Grande Muralha da China
      China

A Grande Muralha da China - por Craig Maccubbin (CC BY)

Além de proporcionar uma vista de tirar o fôlego, caminhar pela Grande Muralha é um mergulho na história de um povo com uma cultura rica e admirável.


9. Dormir na Amazônia
     Brasil

Amazônia - por Phil (CC BY NC ND)

Explorar a Amazônia é uma experiência única e permanecer na floresta à noite a torna ainda mais especial. Os sons dos animais complementam o silêncio da mata, proporcionando um momento de relaxamento e bem-estar.


10. Passear pelo Louvre
     França

Museu do Louvre - por Steffen (CC BY)

Uma visita ao Louvre é uma verdadeira aula e é possível mergulhar em diversas épocas da história da humanidade através de um acervo rico e impressionante.

Veja também: Guia de Paris


 
© 2014. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff