O tradicional e mais conhecido trajeto na Alemanha tem cerca de 400 km com 28 aldeias que proporcionam um cenário rico em história, arte e cultura, junto à natureza exuberante. O itinerário inicia em Würzburg, próximo a Frankfurt, e pode ser feito de ônibus, carro ou moto, seguindo as placas marrons que sinalizam a rota ao longo de diferentes estradas secundárias, evitando as autoestradas. Terminando em Füssen, pode-se também cumprir o percurso de bicicleta por uma ciclovia sinalizada por placas verdes ou também a pé, em trilhas orientadas por tabuletas azuis. Vale à pena dispor de alguns dias para percorrer o maior número possível de vilarejos. Para ajudar você a programar sua viagem, destacamos 9 cidades que merecem a visita:


1. Würzburg

por ECV (CC BY NC)

Uma das mais belas cidades barrocas da Alemanha, Würzbug é rodeada de vinhedos e possui uma atmosfera vibrante, com numerosos museus, tabernas e teatros. A cidade proporciona festivais que atraem centenas de visitantes, assim como as muito apreciadas rotas para ciclistas.


2. Bad Mergentheim

por Magnus Hagdorn (CC BY SA)

Perfeita para descanso, é uma cidade spa que combina arte e cultura num cenário elegante. Seu centro histórico, com prédios renascentistas muito bem conservados, possui agradáveis cafés. 


3. Rothenburg ob der Tauber

por chrisar676 (CC BY NC SA)

Com um centro medieval intacto, o vilarejo é uma joia arquitetônica onde o tempo parece não ter passado. As vielas, as muralhas com suas torres e as construções pitorescas criam um ambiente romântico numa atmosfera encantadora sem igual. Parada obrigatória.


4. Feuchtwangen

por qfwfq78 (CC BY NC SA)

A antiga cidade imperial é palco de um dos mais tradicionais festivais de verão da Bavária num ambiente medieval encantador. Seu moderno cassino atrai muitos visitantes, bem como as populares rotas para ciclistas e andarilhos.


5. Dinkelsbühl

por Merche Perez (CC BY NC SA)

Uma cidade medieval muito bem preservada e rodeada por uma bela muralha, a vila situada numa antiga rota de comércio possui prédios de mais de 400 anos de arquitetura impecável.


6. Nördlingen

por Eva Mostraum (CC BY NC SA)

O belo vilarejo é rodeado pela única muralha totalmente intacta no país que pode ser percorrida sem interrupção. Além disso, é possível subir o Daniel, a torre do sino da igreja, e admirar uma vista deslumbrante. Todos os dias à tardinha, uma tradição se mantém: o guarda da torre grita a cada 30 minutos o brado “So, G’sell, so!” para assegurar que todas as sentinelas estão a postos, proporcionando uma experiência romântica e inesquecível.


7. Augsburg

por Zug55 (CC BY NC SA)

Com mais de dois mil anos de existência, conheceu o apogeu nos séculos 15 e 16 através das famílias Fugger e Welser em comércio internacional e negócios bancários. Seu centro histórico ainda evidencia este período ilustre nas fachadas barrocas e renascentistas dos palácios e casas mercantis. Destaque também para o “Fuggerei”, o mais antigo bairro projetado de moradias populares ainda em uso no mundo, cujo aluguel anual consiste em uma guilda (0,88 euro) desde 1521 e três rezas diárias para a família Fugger, dona da fundação que mantém as moradias há quase 500 anos.


8. Landsberg am Lech

por sonic.knight (CC BY SA)

A vila de quase um milênio tem uma pitoresca praça triangular circundada por esplêndidas casas burguesas, belas igrejas, estalagens charmosas e também disponibiliza uma plataforma na fortificação que proporciona uma vista exuberante da cidade e dos arredores. 


9. Füssen

por Xenica Bliss (CC BY NC)

Na ponta dos Alpes, a cidade fica aos pés do impressionante castelo Neuschwanstein, que inspirou o desenho Cinderela e é símbolo da Disney. O pitoresco centro histórico com seu labirinto de ruelas e as igrejas em estilo barroco e rococó compõem o romantismo do vilarejo, juntamente com os charmosos cafés e lojinhas de artesanato pitorescas.


Viajar de carro é uma ótima opção para aqueles que desejam ter mais liberdade no planejamento da viagem. O carro possibilita maior flexibilidade dentro das datas e locais de início e término do roteiro e é uma excelente escolha para quem quer curtir um passeio a dois. Listamos 10 regiões muito românticas com paisagens deslumbrantes que podem (e devem!) ser percorridas de carro por você e sua cara-metade:


1. Rota Romântica
     Alemanha

por Ted McGrath (CC BY NC SA) ou chrisar676

Entre inúmeras aldeias pitorescas e muitos castelos, a estrada de 350 km é uma rota de cenários apaixonantes que remetem aos tempos medievais e contribuem para o clima romântico da região, muito procurada por casais. A rota inicia na cidade de Würzburg, a 114 km de Frankfurt, e termina em Füssen, a 121 km de Munique.


2. Costa Amalfitana 
     Itália

por Bill McIntyre (CC BY NC SA)

A 70 km de Napoli, o destino mais romântico da Itália percorre cerca de 50 km às margens do Mar Mediterrâneo, entre Sorrento e Salerno. Cerca de vinte vilas penduradas sobre encostas muito acidentadas compõem um espetáculo de exuberância natural, com mar azul profundo, vistas dramáticas, lindos caminhos e vilarejos. Amalfi e Positano são destaques da região de luxo e glamour, porém com opções para todos os bolsos. Próxima à costa, a ilha de Capri é um destino imprescindível.


3. Provence 
     França e Mônaco

por Frank M. (CC BY NC SA)

Uma das mais belas regiões da França, a Provence oferece uma experiência única por suas paisagens diversificadas, por seus românticos campos de lavanda, pelo clima mediterrâneo de suas belas praias. Entre localidades como Aix-em-Provence, a Arles de Van Gogh e a Avignon dos Papas, a região inclui a sofisticada Cote D’azur de Saint-Tropez, Cannes, Nice e Montecarlo, cujo acesso mais bonito se dá através das Corniches, o conjunto de estradas panorâmicas. 


4. Pacific Coast (Califórnia)
     Estados Unidos

por Planeta Ótimo

Uma das mais famosas e belas estradas do mundo, a californiana Highway 1 oferece cenários de tirar o fôlego. De San Francisco a Los Angeles são 730 km de paisagens exuberantes, com penhascos, vegetação intensa e um mar azul profundo, além de cidadezinhas charmosas e acolhedoras, ideais para enamorados. Comece em San Francisco para desfrutar melhor a paisagem dramática e facilitar as paradas nos mirantes. Se possível, alugue um conversível para tornar a experiência ainda mais especial. Para mais detalhes, acesse este post.


5. British Columbia e Alberta
     Canadá

por Alan Beaufour (CC BY NC SA)

As vizinhas províncias Colúmbia Britânica e Alberta possuem belezas naturais incomparáveis, com montanhas nevadas, florestas e parques nacionais com muitas possibilidades de atividades ao ar livre em cenários deslumbrantes. Entre os destaques da BC estão Victoria, Vancouver e a estação de esqui Whistler. Calgary, Edmonton, Jasper, e Banff com seu Lake Louise são atrações imperdíveis em Alberta. As ótimas estradas proporcionam vistas cênicas inesquecíveis num ambiente inspirador e romântico.


6. Great Ocean Road
     Austrália

por Kyle Horner (CC BY NC SA)

Uma das mais belas estradas cênicas do planeta, os cerca de 280 quilômetros que ligam Melbourne a Adelaide margeiam o Pacífico em toda sua extensão, com românticas vilas costeiras, praias desertas, cachoeiras, florestas, vida selvagem, faróis e um imponente conjunto de formações rochosas chamada de Doze Apóstolos. A região oferece uma grande variedade de possibilidades, como atividades esportivas ao ar livre, atrações culturais e artísticas e boa gastronomia. Se possível, alugue um conversível e treine a mão-inglesa.


7. Costa Adriática
     Croácia e Montenegro

por Tejvan Pettinger (CC BY)

A maior parte da costa do Mar Adriático está na Croácia, mas a pequena seção de Montenegro também se destaca. As montanhas junto ao mar formam uma paisagem de tirar o fôlego. A natureza exuberante aliada a cidades ricas em história compõem o charme e romantismo da região. Destaque para Dubrovnik, Split, Korčula e Hvar na Croácia e Budva, Sveti Stefan, Kotor e Perast em Montenegro. 


8. Toscana

     Itália

por Paolo Trabattoni (CC BY)

Conhecida por suas paisagens naturais, tradições e legado cultural, a região central italiana é considerada o berço do Renascimento, com destaque para sua capital Florença. Entre fazendas e vinhedos, belos destinos como Pisa, San Gimignano e Lucca são atrações imperdíveis. A tranquilidade e clima intimista das paisagens tornam a região ideal para um passeio a dois.


9. Norte da Patagônia
     Argentina e Chile

por Jeff Warren (CC BY SA)

O norte da Patagônia é uma região de natureza exuberante num clima de puro romance, com lagos e picos nevados. Partindo de Bariloche, passando por Villa La Angostura até San Martin de los Andes, o chamado Caminho dos Sete Lagos percorre os parques Nacionais Nahuel Huapi e Lanín, entre belos cenários de lagos e bosques. De Villa la Angostura pode-se cruzar para o Chile e conhecer os lagos chilenos, desfrutando lugares como Frutillar, Puerto Varas, Puerto Montt e Chiloé, entre lagos, estações de esqui e vulcões. Para viajar de carro, é aconselhável programar o passeio no verão.


10. Florida Keys
     Estados Unidos

Por D. Perelman (CC BY NC SA)

O arquipélago de corais localizado no extremo sul da Flórida começa a 24 km de Miami e termina na charmosa Key West, a apenas 140km de Cuba. As Keys são compostas por cinco grandes ilhas: Key Largo, Islamorada, Marathon, Big Pine e Key West. O estreito está entre o Atlântico a leste e o Golfo do México a oeste e pode ser percorrido em cerca de quatro horas em uma estrada impressionante construída sobre o mar que interliga as diversas ilhas, em um cenário espetacular para ser desfrutado a dois. 


Há muito para conhecer da rica herança inca no Peru. Em um dia é possível visitar vários sítios vizinhos à Cusco, parada obrigatória e ponto de partida para Machu Picchu. Partindo da cidade, há opções de roteiros de um dia também pelo Vale Sagrado dos Incas, uma das principais atrações do país. A região fértil abrange povoados e sítios arqueológicos às margens do Rio Urubamba, onde se desenvolveu a civilização inca. Ao programar sua viagem a Machu Picchu, não deixe de reservar tempo para visitar 10 lugares incríveis que listamos:


1. Sacsayhuamán

por dachalan (CC BY NC SA)

Foi provavelmente uma fortaleza ou um templo ao deus sol. Suas pedras gigantes e lisas se encaixam com perfeição com cortes singulares, típicos das obras incas. Hoje resta cerca de um quinto do conjunto, pois seus muros foram destruídos para construção de casas e igrejas pelos conquistadores. Proporciona uma ótima vista panorâmica de Cusco.


2. Kenko

por James Preston (CC BY)

Presume-se que a construção semicircular foi um dos santuários mais importantes da era inca. Seu nome significa labirinto na língua quíchua, por suas galerias subterrâneas e canais em ziguezague lavrados na rocha.


3. Tambomachay

por Madeleine Ball (CC BY SA)

O templo de culto à água e destinado ao descanso do chefe do Império Inca é composto por um canal, vários aquedutos e diversas cascatas de água que correm pelas pedras.


4. Ollantaytambo

por guacamoliest (CC BY NC SA)

Ponto de partida do caminho de Machu Picchu, o povoado é a única cidade inca ainda habitada e as ruínas formam um dos complexos mais monumentais do antigo império, com pedras megalíticas de acabamento impressionante. As construções exibem técnicas surpreendentes e peculiares e a pitoresca vila bem conservada é um verdadeiro legado arquitetônico.


5. Písac

por Kasia Trapszo (CC BY NC SA)

O sítio arqueológico próximo ao povoado é grandioso e um dos mais importantes do Vale Sagrado. A vila possui um típico e colorido mercado de artesanato e arquitetura mista de herança inca e colonial. As construções coloniais foram construídas sobre as bases das construções indígenas, prática comum utilizada pelo conquistador espanhol.


6. Pukapukara

por Benjamin Dumas (CC BY NC SA)

Acredita-se que era um quartel e local de hospedagem (tambo) para a comitiva do chefe inca durante temporada de descanso e banhos em Tambomachay, nas proximidades. O pôr do sol que muda as cores das pedras é muito apreciado.


7. Salineras de Maras

por Diego Delso (CC BY SA)

Desde os tempos pré-incaicos, o sal é obtido em Maras por evaporação de água salgada proveniente de uma corrente subterrânea local. A água salgada emerge em uma saída natural e é direcionada para um intrincado sistema de minúsculos canais construídos de forma que a água desça gradualmente para as várias centenas de piscinas rasas onde evapora e o sal se deposita. O sistema é um espetáculo impressionante que produz uma paisagem ímpar.


8. Moray

por Shawn Harquail (CC BY NC)

Ao lado da vila de Maras, o sítio arqueológico é composto por ruínas incas incomuns, constituídas por diversas depressões circulares em formato de terraços, com um sofisticado sistema de irrigação. Acredita-se que fosse um local de estudos dos efeitos do clima sobre o plantio, pois há uma variação de 15°C entre o primeiro e o último terraço.


9. Urubamba

por inyucho (CC BY)

Maior cidade do vale, Urubamba é indicada para uma parada por suas boas opções de restaurantes e hotéis, inclusive de luxo.


10. Chinchero

por Benjamin Dumas (CC BY NC)

A típica vila de ruas e escadarias íngremes possui casas características com esculturas de touros nos telhados, para trazerem sorte e prosperidade. A igreja barroca é interessante e é um centro de artesanato e tecelagem. O sítio arqueológico possui muros com pedras perfeitamente encaixadas e terraços agrícolas típicos da civilização inca.




Para inspirar suas próximas aventuras, listamos 10 destinos lindos para visitar em 2016. Encante-se com estes destinos e comece a planejar!


1. Quebec City
     Canadá

por Havard (CC BY)

Quebec City é uma cidade encantadora da parte francesa do Canadá. O local preserva o charme europeu e seu pitoresco centro histórico é considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.


2. Dubrovnik
     Croácia

por Enjosmith (CC BY NC SA)

Chamada de "Pérola do Adriático", Dubrovnik é uma charmosa cidade rodeada de muralhas, considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Além de atrair turistas em busca de belezas naturais e diversão, a cidade também atrai uma enorme quantidade de fãs de "Game of Thrones", por ser utilizada como cenário da série.


3. Melbourne
     Austrália

por Dave Johnson (CC BY NC)

Melbourne é a segunda maior cidade australiana, também conhecida como a capital cultural do país. A cidade oferece excelentes museus, parques, ótima gastronomia e diversos eventos de artes e esportes.


4. Playa del Carmen
     México

por David Gordillo (CC BY NC SA)

Playa del Carmen - ou apenas "Playa", como é conhecida pelos seus moradores - é uma linda praia mexicana que fica a 70km ao sul de Cancun e 20km a oeste de Cozumel. Com uma atmosfera relaxada, o local oferece inúmeras opções de hotéis charmosos, ótimos restaurantes e uma movimentada vida noturna.


5. Sicília
     Itália

por Mario Columba (CC BY NC SA)

Bela ilha localizada no sul da Itália, Sicília é repleta de história e possui muitas belezas naturais. A ilha é extensa e cada um de seus vilarejos possui características próprias, tendo sido influenciados por diversos povos ao longo de sua história.


6. Valência
     Espanha

por Serx92 (CC BY NC SA)

Valência mistura o antigo e o moderno e é conhecida por ser o berço da paella, famoso prato típico da culinária espanhola. Lá fica a "Cidade das Artes e das Ciências", um impressionante complexo arquitetônico, cultural e de entretenimento, que conta com um planetário, cinema, museu de ciências, aquário, teatro, dentre outros. 


7. Kotor
     Montenegro

por Craggyisland21 (CC BY NC SA)

Kotor é uma cidade costeira de Montenegro que preserva impressionantes construções medievais em meio a um belíssimo cenário. O local ainda não foi descoberto pelas massas, o que o faz ainda mais especial.


8. San Diego
     Estados Unidos

por William Garrett (CC BY)

San Diego é uma cidade grande da Califórnia com uma atmosfera relaxada e conta com temperaturas agradáveis durante o ano inteiro. A cidade possui lindas praias e oferece ótimas opções de entretenimento para toda a família. 


9. Porto
     Portugal

por Bill McIntyre (CC BY NC SA)

Porto é um importante centro comercial e industrial de Portugal. A cidade mistura arquitetura medieval e moderna e oferece aos turistas inúmeras opções de entretenimento e gastronomia.


10. Santiago
     Chile

por Alma Apartida (CC BY NC SA)

A capital do Chile oferece excelentes opções culturais, gastronômicas e de entretenimento. Além disso é um ótimo ponto de partida para conhecer as belezas das regiões próximas, como Viña del Mar, Valparaíso e Valle Nevado.



A maior parte das filmagens ocorre na Irlanda do Norte, mas a série costuma utilizar cenários exóticos de diversos cantos do planeta.
Na primeira temporada, a produção montou sets de filmagem em Malta para representar a Cidade Livre de Pentos e King's Landing (Porto Real). A partir da segunda temporada, no entanto, o cenário escolhido para representação das mesmas foi a Croácia, e a maior parte das filmagens no país se dá em Dubrovnik e arredores. Além disso, muitas cenas de lugares gelados são filmadas na Islândia. Para a terceira temporada, a produção utilizou cenários do Marrocos para representar cidades de Slaver's Bay (Baía dos Escravos) e na quinta temporada o sul da Espanha foi a região escolhida para representar Dorne.
Para os fãs do seriado que querem conhecer os belos cenários das filmagens, listamos 8 destinos imperdíveis:


1. Dubrovnik
     Croácia

por Clindstedt (CC BY NC)

É o cenário principal de King's Landing (Porto Real) a partir da segunda temporada.


2. Belfast
     Irlanda do Norte

por William Murphy (CC BY SA)

Belfast é o coração da produção do seriado. No Titanic Studios são montados diversos cenários, principalmente representando a cidade de Meereen. Os estúdios não estão abertos ao público, mas existem passeios guiados a regiões próximas a Belfast que foram utilizadas como cenários, como Magheramorne, onde foi erguido o Castelo Negro, e Castle Ward, que representa Winterfell.


3. Sevilha
     Espanha

por Damian Entwistle (CC BY NC)

Sevilha é utilizada para representar Dorne no seriado. O Real Alcázar é o palácio utilizado nas filmagens dos Jardins de Água.


4. Sibenik
     Croácia

por Mario Fajt (CC BY)

Sibenik é o cenário da Cidade Livre de Bravos.


5. Essaouira
     Marrocos 

por Enzo (CC BY SA)

A cidade de Essaouira, considerada Patrimônio Mundial pela UNESCO, é o cenário utilizado para representar a cidade de Astapor.



6. Gozo
     Malta

por Berthold Werner (CC BY SA)

Nesta ilha é celebrado o casamento de Drogo e Daenerys. O local é conhecido como Janela Azure.


7. Grjótagjá
     Islândia

por Chmee2 (CC BY)

A caverna de águas termais é o ninho de amor de Jon Snow e Ygritte.


8. Split
     Croácia

por Direktor (CC BY)

A cidade de Split também é utilizada para filmar cenas que se passam em King's Landing (Porto Real).


A visão dos grandes prédios de Nova York por si só é uma atração, não é à toa que os observatórios do alto de arranha-céus são tão concorridos. Listamos 7 lugares onde é possível apreciar a paisagem urbana de Manhattan praticamente sem custo e com tranquilidade!


1. Staten Island Ferry

por Mark Mitchell (CC BY NC SA)

Além de proporcionar uma das vistas mais espetaculares de Manhattan a partir do sul da ilha, o Ferry passa perto da Estátua da Liberdade. Saindo do Battery Park, a viagem de ida dura 30 minutos e é gratuita. Ao chegar em Staten Island basta descer da balsa, ir ao prédio da estação e, em seguida, embarcar novamente para retornar.


2. Brooklyn Bridge Park

por Planeta Ótimo

Às margens do East River, o parque que começa embaixo da Ponte do Brooklyn está em evolução com novas áreas sendo inauguradas em etapas. Seu passeio público oferece uma vista maravilhosa de Manhattan e da própria ponte. O Pier 1, com seus gramados e degraus de granito, é excelente para desfrutar o panorama.


3. Brooklyn Bridge

por Jeffrey Bary (CC BY)

Marco na paisagem da cidade, a icônica ponte proporciona uma visão incrível da ilha de Manhattan, do porto e da Estátua da Liberdade. A passagem para pedestres elevada permite a travessia de cerca de meia hora a pé, uma experiência extraordinária. Vá de Manhattan de metrô ou barco e volte a pé pela ponte. Este é o melhor sentido para apreciar o skyline, pois a visão dos arranha-céus estará sempre à frente.


4. Terraço do Met

por Enrique Burgos (CC BY NC SA)

O terraço do Metropolitan Museum abriga um café e um jardim de esculturas. É só perguntar a algum guarda do museu onde pegar o elevador ao terraço e aproveitar a visão ampla que o ângulo aberto sobre o Central Park permite do parque em si e dos prédios da ilha.


5. Roosevelt Island Tram

por Joseph (CC BY NC SA)

Um dos raros bondinhos do país, o tram conecta Manhattan à pequena ilha no East River e oferece uma visão interessante de um ponto de vista diferente. A estação fica na 2nd Ave entre a 59th e 60th Street e é possível utilizar o MetroCard.


6. Gantry Plaza State Park

por Stephen Dettling (CC BY NC)

O novo parque de Long Island à beira do rio oferece piers, gramados e bancos para apreciar o skyline impressionante de Manhattan, incluindo o Empire State Building, as Nações Unidas, o Chrysler Building e a Ponte de Queensboro. Para chegar a Long Island vá de metrô ou balsa.


7. Central Park

por Planeta Ótimo

O parque situado no coração da ilha oferece vistas espetaculares dos edifícios do entorno em diversos pontos, entre eles a Bow Bridge, o Wollman Rink e o Belvedere Castle. A visão dos arranha-céus, num contraponto à tranquilidade e silêncio do parque, fica ainda mais dramática a partir de seus recantos naturais.


Veja também: Guia de Nova York

 
© 2014. Design by Main-Blogger - Blogger Template and Blogging Stuff